Márcia e Leandro

Cuidem bem do seu amor... e sejam felizes!

 

Queridos amigos e queridos noivos, Márcia e Leandro!

Quando nasce um filho, nós, os pais, experimentamos as maiores emoções de nossas vidas. Somos tomados por um amor indescritível, e desejamos que aquele bebê – o nosso bebê – tenha vida longa, saudável e plenamente feliz. Desejamos que esteja cercado de amigos leais, que ame e seja amado e que, assim, se complete o ciclo da vida.

Mas quem será este amor maior, com quem será a troca de alianças? Quando e como há de surgir, redefinindo os rumos da história? Leandro e Márcia nasceram com poucos meses de diferença. Devem ter se cruzado muitas vezes, quando ela praticava ginástica olímpica e ele era escoteiro, no mesmo clube. Ambos amavam a natureza, gostavam de acampar e de fazer travessuras, enquanto iam se tornando as pessoas que hoje são. Mesmo assim, se alguém tivesse profetizado que, numa gélida noite de inverno, iriam se encontrar pela vez primeira, será que acreditariam? Será que saberiam aguardar? Como iriam se reconhecer?

Hoje, num olhar retrospectivo, sabemos que sim, foi numa gélida noite de inverno que eles se descobriram, participando de uma reunião de mergulhadores, que iriam à Malásia e à Tailândia. Márcia, daquela vez, só foi de curiosa, pois nem pretendia viajar. Foi então que chegou Leandro, em roupas de verão, achando graça naquela garota friorenta e superagasalhada. Sorrindo, sedutor, perguntou: – Tudo isto é frio, guria? E, prontamente, aqueceu-lhe o coração.

A conquista foi feita. O desejo de dar continuidade ao ciclo vital da família, deu margem a este momento no qual vocês, Márcia e Leandro, diante de seus familiares e amigos, trocam alianças. Sabemos que, num aparente “passe de mágica”, descobrimos o amor, mas para que ele se transforme em vínculo, seguindo belo, forte e duradouro, deve ser cuidado com atenção e carinho em todos os dias de nossas vidas.

A poesia que dediquei a vocês vai ser compartilhada no Face, para não me estender demais E é assim que, em nome do Flávio, da Célia, do Renato e no meu, afirmo solenemente que vocês têm a nossa bênção para que sigam juntos pelas estradas da vida. Leandro, a Márcia é tua amada, a mulher que escolheste para ti. Márcia, o Leandro, que tem tudo a ver com teus sonhos, está fazendo parte da tua realidade. Cuidem bem do seu amor e sejam felizes!

http://www.slideboom.com/presentations/632871/L%C3%A1-vai-minha-filha