Dia dos Namorados 2017

Iara L. Camaratta Anton

 

Diga: por que um dia para nós, se nossos são todos os dias?…

 

Estivemos enamorados, Deus sabe por quanto tempo.

Parece que foi ontem, parece que foi sempre…

 

Até pensávamos que nosso amor estava escrito nas estrelas,

Há muito mais tempo do que a vida brotou no planeta que nos aninha.

 

Um dia, descobrimos que não éramos almas gêmeas e que não nos conhecíamos desde remotas gerações.

Que pensávamos diferente e nem sempre nossos desejos coincidiam.

 

Percebemos, então, que havia um “eu”, um você”, e não, simplesmente, um “nós”.

E, naquele momento doloroso e mágico, tivemos a convicção do nosso amor.

 

Aprendemos, juntos, a arte do olhar, da escuta e do toque.

Corpo a corpo, alma à alma…

 

Talvez por isto tenhamos podido seguir pela vida a fora

COMO NAMORADOS SEMPRE ENAMORADOS.

 

Por Deus, como é bom amar e ser amado!