Estes mágicos fios que nos unem…

 

Estes mágicos fios que nos unem…

 

 

Uma das coisas boas da vida está em aprender e em se tornar aquilo que nos é possível ser. Mas isso depende de múltiplos fatores – entre eles, da bagagem genética e, talvez mais do que dela, de nossos vínculos e da passagem do tempo.

Nada acontece por acaso. Entre nós e o universo, existem múltiplos fios que nos unem – ou que nos separam.

 

Se levarmos em conta nosso planeta, com seus continentes, seus reinos, suas condições ambientais, econômicas e socioculturais… quantos são os fios que nos unem, ou que nos separam? Quantos são os idiomas que compreendemos, mesmo no mais absoluto silêncio, e aqueles que somos incapazes de decifrar, ainda que os códigos verbais sejam exatamente os mesmos?

Nossos limites e possibilidades têm uma relação direta com nossos vínculos. E nossos vínculos podem ser representados por esses mágicos fios. Fios que entretecem passado, presente e futuro. Fios que nos oferecem contorno. Que nos unem. E que nos separam…

Estamos juntos, eu e você. Nós e eles. Podemos estar unidos, eu e você. Nós e eles. Amando e sendo amados. E tudo isto é muito bom.